Home
Local
Nacional
Internacional
Sociedade
Concelhos
Documentos
FotoGaleria
Agenda
Opinião Semanal
Vídeos
Deputados e Autarcas
dossiers
tv_e_videos
radio_bloco

 

adere
Adere ao Bloco
ficha_de_adesao

Envia para

Rua Comendador Sá Couto nº 112,

Entrada 12, 2 andar, Sala 2.

4520-192 Santa Maria da Feira

Newsletter







Pedro Filipe Soares hoje em solidariedade com estivadores criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
29-Nov-2012

estiva.jpgO deputado Pedro Filipe Soares esteve hoje em solidariedade na manifestação dos estivadores em frente à Assembleia da República. O protesto contou com a presença de várias organizações de estivadores de toda a Europa. Também hoje, em solidariedade, os estivadores de 200 portos na Europa fizeram uma greve de duas horas em solidariedade com os trabalhadores portugueses. O Bloco de Esquerda realça a importância da dimensão europeia desta luta pelo direito ao trabalho.

Pedro Filipe Soares hoje em solidariedade com estivadores

O deputado Pedro Filipe Soares esteve hoje em solidariedade na manifestação dos estivadores em frente à Assembleia da República. O protesto contou com a presença de várias organizações de estivadores de toda a Europa. Também hoje, em solidariedade, os estivadores de 200 portos na Europa fizeram uma greve de duas horas em solidariedade com os trabalhadores portugueses. O Bloco de Esquerda realça a importância da dimensão europeia desta luta pelo direito ao trabalho.

Os estivadores estão em greve apenas às horas extraordinárias. Todos os estivadores continuam a trabalhar 8 horas por dia e mesmo assim esta greve tem um enorme efeito na atividade dos portos. Isto só se explica porque a atividade portuária se baseia numa enorme exploração, obrigando os trabalhadores a jornadas de trabalho de 14, 20 e mais horas.

Os trabalhadores da estiva lutam pela contratação de mais trabalhadores para a sua atividade, contra as longas e abusivas jornadas de trabalho e contra a precarização do seu trabalho. O novo regime, já ensaiado em Leixões, não baixou as tarifas dos portos nem fez nada pela competitividade, apenas permitiu uma maior abuso e exploração laboral.

Hoje é discutido e votado na Assembleia da República o projeto de lei sobre o trabalho portuário. A proposta do governo é uma medida da troika e visa precarizar e agravar as condições do trabalho portuário. O BE votará contra mais este projeto de engenharia social do governo PSD/CDS.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
Bloco Esquerda Distrital de Aveiro
prestarcontas.jpg
Jornal Esquerda
Jornal do Bloco nº 23 
Online
© 2018 Site Distrital de Aveiro - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.